sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Projeto de Educação Ambiental no Parque do Mocambo

No sábado, 22 de novembro, cerca de 600 alunos da Escola Estadual Abílio Caixeta de Queiroz estiveram presentes no Mocambo, realizando o projeto “Educação Ambiental no Parque Municipal do Mocambo”, sob a coordenação do professor de empreendedorismo sustentável, Lourivaldo Lemos da Silva.

O projeto teve como objetivo permitir aos alunos reconhecer os elementos físicos, bióticos e socioeconômicos mais relevantes dos recursos hídricos do Mocambo. Durante o projeto foram realizadas dinâmicas entre os jovens, com intuito de definir o senso crítico dos alunos sobre os impactos positivos e negativos gerados pela sociedade sobre o uso e gestão dos recursos naturais. Além das dinâmicas, os alunos puderam aproveitar um show musical da banda formada por alunos da própria escola, além do clima e contato direto com a natureza que existe no local.
O Diretor de Meio Ambiente, Civuca Costa, acompanhou os alunos e se sentiu grato com o projeto. “É sempre uma satisfação ver o Mocambo lotado de gente. Principalmente estudantes patenses com um projeto interessante quanto este com ações ambientais junto à natureza. São práticas e aulas de campo assim que desenvolvem o senso crítico e maior conscientização das pessoas para com o nosso meio ambiente", declarou Civuca Costa, durante o projeto da Escola Abílio Caixeta.

Os mais de 600 estudantes da escola trabalharam oficinas e módulos com dinâmicas agregadas ao comportamento dos elementos vivos da natureza envolvendo todo o conjunto da biodiversidade do Parque Municipal do Mocambo. 

Vários orientadores e a diretora da Escola Abílio Caixeta, Maria das Graças Lemos, acompanharam o Projeto de Educação Ambiental no Parque Municipal do Mocambo. O projeto destacou os elementos mais relevantes da Bacia Hidrográfica do Parque. "O objetivo do projeto foi realizar dinâmicas a serem desenvolvidas pelos alunos levando-os a refinar o "senso crítico" sobre os impactos positivos e negativos gerados pela sociedade sobre o uso e gestão dos recursos naturais", informa o professor, Lourivaldo Silva.

Segundo o conteúdo do projeto, o processo das dinâmicas representa um estudo de como funcionam os grupos humanos em ação e de como modificar o seu comportamento, tornando-os conscientes dos motivos de suas atitudes e interações. Assim, as dinâmicas têm o papel de fomentar o processo de Educação Ambiental.

Uma das dinâmicas de destaque foi a Gotas d'água no Rio. Durante as etapas, os estudantes da Escola Abílio Caixeta, em uma das dinâmicas chegaram a imitar o movimento das águas do Parque do Mocambo.Um tipo de teatro natural e ao ar livre junto à natureza.

O evento contou ainda com execução do Hino Nacional pelo Conservatório de Música, ginástica laboral, exposição de biomapas, apresentação e execução de dinâmicas, mostra de filmagens, ações de proteção ambiental da Polícia de Meio Ambiente, lanche e apresentação da Banda Matrizes, formada por alunos da Escola Estadual Abílio Caixeta. 

O projeto Educação Ambiental no Parque Municipal do Mocambo, contou com o apoio do Cima, Prefeitura Municipal, IEF, Polícia Ambiental, Copasa, Polícia Militar, Codema e o apoio dos professores de geografia, química, matemática, física, biologia e sociologia, da Escola Estadual Abílio Caixeta de Queiroz.

(Fonte: Diretoria de Meio Ambiente)
Patos de Minas - MG









Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua visita.