quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Inclusão se conquista com autonomia



Esta reflexão sobre o tema, com apoio em estudos existentes sobre o assunto, pelos quais se buscou trazer a este texto a temática da inclusão em relação com a autonomia.
A inclusão, como discurso, invadiu a sociedade e , atualmente, vem sendo utilizada nos diversos contextos como forma de referir-se à justiça social e à cidadania e aos benefícios de populações submetidas a prejuízos resultantes de práticas excludentes. Muitas vezes de formas desumanas e indignas, pessoas com deficiência tiveram o acesso aos direitos sociais negados e comprometendo, ao mesmo tempo, o exercício dos deveres cidadãos.
Por se tratar da semana da pessoa com deficiência, que ocorre a cada ano, de 21 a 28 de agosto, procura refletir nesse momento sobre suas necessidades e as formas da aplicabilidade e observância com reflexos na inclusão, educação, saúde, trabalho, família ou nos diversos espaços e eventos sociais.
Contudo, inclusão não significa apenas a presença, como a participação e a apropriação do conhecimento construído, aprendido, materializado pelo próprio aluno. Considera-se incluído não apenas estar na escola, e sim pertencer, fazer parte, ser ativo e não passivo no processo ensino-aprendizagem.
Ressalta-se a importância da valorização do profissional capacitado, que auxilia na efetivação da aprendizagem desses alunos, assim como é fundamental a estrutura da escola que atende essas pessoas.



Cleide Maria Rosa de Freitas
Professora de apoio pedagógico









Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua visita.