segunda-feira, 21 de julho de 2014

Morre aos 80 anos o escritor e educador Rubem Alves

Autor de mais de 120 livros, defendia que a escola se tornasse mais prazerosa.


Rubem Alves
     O escritor e educador e ex-colunista da Folha Rubem Alves de 80 anos, morreu neste sábado dia 19 de julho de 2014 na cidade de Campinas no interior de São Paulo. 
     Ele estava internado devido a pneumonia. Autor de mais de 120 livros, o mineiro defendia a educação mais prazerosa e uma escola que não massacrasse conteúdo vestibular. 
     Sensível à poesia da vida e a beleza abrigada em cada parte do mundo, Rubem Alves deixa vasta obra que tocou e encantou gerações inteiras. Com muitos títulos publicados e distribuídos em 12 países, o educador, teólogo e acima de tudo humano, autor, iluminou e iluminará o cotidiano de quem se identifica com suas ideias e desafia a inteligência daqueles que ainda puderam provar o gosto de suas palavras deliciosamente leves de sentir. 

"O que Rubem Alves deixa de melhor é essa visão da educação como fonte necessariamente de prazer e não de dor" disse o Jornalista Gilberto Dimenstein. 

"Um dos intelectuais mais respeitados do Brasil" disse a Presidente da República  Dilma Roussef lamentando a morte de Rubem Alves em rede social. 

Fonte: Jornal Estado de São Paulo, Domingo, 20 de Julho de 2014
Fotos: Pesquisas Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua visita.