segunda-feira, 21 de julho de 2014

Morre aos 80 anos o escritor e educador Rubem Alves

Autor de mais de 120 livros, defendia que a escola se tornasse mais prazerosa.


Rubem Alves
     O escritor e educador e ex-colunista da Folha Rubem Alves de 80 anos, morreu neste sábado dia 19 de julho de 2014 na cidade de Campinas no interior de São Paulo. 
     Ele estava internado devido a pneumonia. Autor de mais de 120 livros, o mineiro defendia a educação mais prazerosa e uma escola que não massacrasse conteúdo vestibular. 
     Sensível à poesia da vida e a beleza abrigada em cada parte do mundo, Rubem Alves deixa vasta obra que tocou e encantou gerações inteiras. Com muitos títulos publicados e distribuídos em 12 países, o educador, teólogo e acima de tudo humano, autor, iluminou e iluminará o cotidiano de quem se identifica com suas ideias e desafia a inteligência daqueles que ainda puderam provar o gosto de suas palavras deliciosamente leves de sentir. 

"O que Rubem Alves deixa de melhor é essa visão da educação como fonte necessariamente de prazer e não de dor" disse o Jornalista Gilberto Dimenstein. 

"Um dos intelectuais mais respeitados do Brasil" disse a Presidente da República  Dilma Roussef lamentando a morte de Rubem Alves em rede social. 

Fonte: Jornal Estado de São Paulo, Domingo, 20 de Julho de 2014
Fotos: Pesquisas Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua visita. Volte sempre!

CONTAÇÃO DE HISTÓRIA NA E.E MONSENHOR FLEURY

Professora Adriana Alves proporcionou alegria para os alunos da E.E Monsenhor Fleury com contação de história na Semana das Crianças. C...