terça-feira, 23 de abril de 2013

PROJETO: BRINCADEIRAS DE RUA NA ESCOLA


1 - INTRODUÇÃO
Ao longo dessa disciplina fomos armazenando ideias no sentido de desenvolver um projeto que despertasse em todos os envolvidos no ambiente escolar a vontade de utilizar-se das brincadeiras de ruas como forma inovadora no processo ensino-aprendizagem, visto que várias brincadeiras ensinam muito mais que a lousa, o giz ou o livro didático e o tema foi escolhido em consenso por todos os integrantes do grupo que foram unânimes em aprova-lo, pois é interessante e ao mesmo tempo instigante para todas as idades, pois ele remete os mais velhos ao passado, alegram e ensinam as crianças do presente, por ser brincadeiras que uma vez aprendidas, jamais caem no esquecimento e Châteuau(1987, p. 14)ressalta a importância da brincadeira ao dizer que “(...) uma criança que não sabe brincar será um adulto que não sabe pensar”.
Para melhor ilustrar nosso trabalho na realização das brincadeiras contamos com a colaboração da professora Adriana Alves, do 1º ano do ensino fundamental, da Escola Estadual “Abílio Caixeta de Queiroz”, que já havíamos observado anteriormente no nosso Estágio Supervisionado e notamos ser ela uma professora de características inovadoras, adepta e grande incentivadora do uso das novas tecnologias e atividades extra-classe.

2 - OBJETIVOS GERAIS 
O objetivo desse projeto é levar a todos os envolvidos no ambiente educacional, sugestões de brincadeiras de ruas que podem ser realizadas dentro da escola, demonstrando como as brincadeiras contribuem para o desenvolvimento sócio-cognitivo das crianças, favorecendo os aspectos psicomotores e repercutindo até mesmo no letramento dessas crianças.

3 - OBJETIVOS ESPECÍFICOS
·         Incentivar os educadores a resgatarem as brincadeiras de rua de antigamente;
·         Realizar as brincadeiras de rua e postar no youtube para que todos tenham acesso;
·         Despertar o interesse das crianças pelas brincadeiras de rua;
·         Demonstrar a importância das brincadeiras de grupo para o desenvolvimento social da criança;

4 - JUSTIFICATIVA
            Com o crescimento cada vez mais rápido e notório das cidades e suas consequências, as ruas passaram a ser consideradas locais impróprios e perigosos para as crianças e suas brincadeiras.
A partir dessa conclusão e das observações feitas por nosso grupo de trabalho durante o contato com diversas escolas para realização de estágio, percebemos a necessidade em desenvolver um projeto que incentive os educadores a resgatar as brincadeiras de rua, principalmente as coletivas, que foram vividas por nós, nossos pais e avós e estimular sua renovação dentro das escolas.

5 - METODOLOGIA
            Para a realização desse projeto optamos por fazer uma coletânea de várias brincadeiras de ruas, com a participação da professora Adriana e seus alunos do 1º Ano do ensino fundamental da Escola Estadual “”Abílio Caixeta de Queiroz”, no primeiro momento redigimos uma carta aos pais desses alunos esclarecendo e solicitando a assinatura deles como forma de autorização para o uso das imagens dessas crianças em nosso trabalho e durante vários dias realizamos as brincadeiras e postamos no youtube como forma de mostrar como é fácil o acesso ao material necessário às brincadeiras onde algumas não necessitam nem mesmo de material algum e quando necessitam são coisas baratas e já presentes em nosso cotidiano.

6 - SÍNTESE/CONCLUSÃO
Na realização desse projeto nos aprendemos muito mais do que pretendemos ensinar e podemos concluir que o ensino-aprendizagem através de brincadeiras é algo simplesmente maravilhoso, os alunos ficam muito interessados, aprendem as regras das brincadeiras super rápido e muito gostoso vê-los brincar e através delas eles desenvolvem inúmeras competências, entre elas: o respeito e obediência às regras, o sentido do trabalho em equipe, o espírito de liderança,a  concentração, a imaginação, a criatividade, a integração com o  ambiente, a afetividade, a autonomia, a cooperação, a interação com o outro, o levantamento de hipóteses, a socialização, desenvolvem a comunicação, despertam a noção de tempo e espaço, favorecem os aspectos psicomotores, contribuem para o desenvolvimento sócio-cognitivo, transmitem sentimentos, expressam sua forma de ver o mundo e as pessoas que as cercam, desenvolvem a  linguagem, a expressão corporal, ajuda na resolução de problemas do dia a dia, senso de lógica, planejamento, cálculo, organização, memória visual, repercutindo até mesmo no letramento.

BRINCADEIRAS:

Telefone sem fio:


Organizar os jogadores sentados um ao lado do outro em fila.
O primeiro jogador diz uma frase/mensagem no ouvido do colega seguinte. Cada participante após receber a mensagem fala o mais baixo possível no ouvido do colega seguinte até que o ultimo falará em voz alta o que recebeu. A mensagem muitas vezes chega completamente diferente!!!http://youtu.be/IMVzOmYl0yg
Essa brincadeira estimula a atenção, criatividade, linguagem, memória.

Batata quente:


Todos em roda, sentados no chão, com umobjeto (pode ser uma bola) na mão vai passando e cantando aseguinte canção:- Batata que passa quente, batata que já passou,quem ficar com a batata, coitadinho se queimou!Quando disser queimou, a pessoa que estivercom o objeto na mão, sai da roda. http://youtu.be/ydp6ZP-Gr8E
Essa brincadeira estimula a coordenação motora, atenção, agilidade, socialização.

Estátua:


Faz-se uma roda e todos vão rodando de mãosdadas e cantando a seguinte canção:“A casinha da vovó,cercadinha de cipó,o café tá demorando,com certeza não tem pó!Brasil! 2000! Quem mexer saiu!”.
Todos ficam como estátua e não vale rir, nem se mexer, nem piscar, nem se coçar, quem será que vai ganhar?http://youtu.be/MKIrzlyOYbo
Essa brincadeira estimula a atenção, concentração, equilíbrio, criatividade, linguagem corporal, resistência, coordenação motora.

Passa anel:


Sentados numa roda o grupo tira a sorte paraver quem vai passar o anel. Todos devem uniras palmas das mãos e erguê-las na sua frente.Quem ganhou na sorte deve segurar o anel entreas palmas das mãos e passar as suas mãos pelasmãos dos componentes do grupo deixando oanel nas mãos de alguém que ele escolher, masdeve continuar fazendo de conta que continuapassando o anel até o último do grupo. Ao finalpergunta a um dos participantes onde está oanel? Se este acertar ele será o próximo a passaro anel. Se errar, quem recebeu o anel é quepassará, começando novamente a brincadeira.http://youtu.be/vrbq7jeMvx0
Essa brincadeira estimula a imaginação, criatividade, atenção.

Corre Cotia:


 Primeiro, todas as criançasse sentam  em círculo com as pernas cruzadas. Aí, é hora de escolher um participante para ser a cotia. A cotia recebe um lenço(pode ser um objeto qualquer) e é o personagem principal desse jogo. Sua tarefa é correr pelo lado de fora da roda, enquanto as outras crianças cantam a música. Antes do fim da música, a cotia deixa o lenço cair, muito discretamente, atrás de alguém.  Quando a música termina, todos olham para trás, para descobrir quem ficou com o lenço. Aí, é que fica emocionante! O novo dono do lenço tem que sair correndo feito louco atrás da cotia que, por sua vez, também já disparou. Se o novo dono do lenço conseguir pegar a cotia antes que ela se sente em seu lugar, a cotia tem que fazer tudo de novo. Se o novo dono do lenço não pegar a cotia,ele fica sendo a próxima cotia e a brincadeira recomeça.http://youtu.be/C8KqQzJtRI4

Corre cotia
Na casa da tia
Corre cipó
Na casa da avó.
Lencinho na mão
Caiu no chão
Moça bonitado meu coração
Essa brincadeira estimula a socialização, o condicionamento físico, a agilidade e atenção.

Mãe de rua:


Escolha um dos participantes para ser a mãe da rua. Com um giz, desenhe duas riscas paralelas com uma distância de cerca de dois metros entre elas. O lado de dentro das riscas será a rua e o lado de fora, as calçadas. Cada time ficará em uma das calçadas.  O objetivo é atravessar para o outro lado sem ser apanhado pela mãe da rua. Vence a equipe que ficar com maior número de jogadores. Você pode criar dificuldades para os jogadores atravessarem a rua, como atravessar pulando em um pé só.http://youtu.be/kOuY49OPfSA
Essa brincadeira estimula a atenção, o equilíbrio, velocidade, coordenação motora, agilidade.

Morto – Vivo:


Um dos participantes é escolhido como líder e ficará à frente do grupo. É ele quem vai dar as instruções que devem ser obedecidas pelos outros jogadores. Quando o líder disser: "Morto!", todos ficarão agachados. Quando o líder disser: "Vivo!", todos darão um pulinho e ficarão de pé. Quem não cumprir as ordens é eliminado, até sobrar um só participante, que será o vencedor e o próximo líder. http://youtu.be/zR2SF7T5urw
Essa brincadeira estimula a agilidade, condicionamento físico, coordenação motora, atenção, concentração, expressão corporal.

AVALIAÇÃO DO TRABALHO

O projeto desenvolvido possibilitou a integração e compartilhamento de informações e experiências de brincadeiras vividas entre o grupo, pudemos refletir acerca da importância de resgatar brincadeiras tradicionais como prática importante no processo de ensino-aprendizagem das crianças, bem como, instigou também nossa criatividade, principalmente quando propomos realizar brincadeiras de rua dentro do espaço escolar utilizando os materiais existentes na escola, ou mesmo criando e improvisando de maneira barata muitos materiais para o desenvolvimento das brincadeiras.
No desenvolvimento deste webfólio, todos nós do grupo nos consideramos estudantes investigadores e reflexivos, uma vez que expomos nossas ideias e experiências e dialogamos uns com os outros a respeito do tema a ser desenvolvido no projeto; fizemos pesquisas na internet e utilizamos também os materiais disponibilizados na Disciplina Recreação: jogos e brincadeiras, ou seja, procuramos vários materiais de apoio que pudesse nos fornecer um maior embasamento teórico a respeito do tema escolhido por nós.
Como futuros pedagogos, consideramos que depois dos conhecimentos construídos durante o curso de pedagogia da UFOP, somos capazes de desempenharmos nossas funções com ética e responsabilidade, contudo, não somos detentores de todo o conhecimento e entendemos que por vivermos na era da informação e transformação é necessário que nunca cessemos a busca por novos conhecimentos e também pelo aperfeiçoamento dos conhecimentos já adquiridos, ou seja, é preciso acompanhar as mudanças principalmente na área da educação.
A disciplina “Recreação: jogos e brincadeiras” proporcionou-nos uma aprendizagem significante sobre as brincadeiras e o quanto são importantes para as crianças, uma vez que as ajudam a interpretar o mundo, a pensar, a aceitar as regras, a conviver em grupos e a respeitá-los. Os materiais que foram disponibilizados na plataforma MOODLE pela professora Márcia Ambrósio contribuíram bastante para o nosso aprendizado, as ideias expostas pelos teóricos abordados foram bastante claras e objetivas, o que foi um diferencial para que a nossa aprendizagem se concretizasse com sucesso.
De acordo com o texto Jogo Lúdico, “o lúdico é a essência da vida humana e se materializa de várias formas na vida dos sujeitos, independente da faixa etária que esse se encontre.”

Ao refletirmos sobre o projeto que produzimos, concluímos que obtivemos aprendizados que levaremos para o resto de nossas vidas, principalmente com relação ao trabalho em grupo, à cooperação e o respeito a opiniões diferentes. Todo o grupo se empenhou com responsabilidade e vontade, dialogamos, pesquisamos e concluímos nosso projeto com a certeza de que nos dedicamos ao máximo para atender aos requisitos propostos para o desenvolvimento do mesmo.
Na produção do presente projeto enfrentamos alguns desafios pertinentes a qualquer trabalho desenvolvido por um grupo de pessoas que residem em cidades diferentes, entretanto, com diálogo e cooperação conseguimos superá-los. Outro desafio que considero importante de ser citado é com relação à correta apresentação com embasamento teórico, da importância das brincadeiras no processo de ensino-aprendizagem das crianças, pois, muitos profissionais da educação ainda estão presos a práticas pedagógicas tradicionais.
Acreditamos que, com nosso projeto “possibilidades foram efetivadas”, ou seja, o produzimos com o intuito de compartilhar informações, mostrar como as brincadeiras proporcionam momentos de trocas e aprendizagens, apresentar sugestões de brincadeiras, trocas de experiências entre educadores e pessoas interessadas neste assunto tão importante para o desenvolvimento cognitivo e físico das crianças. O material já existe e está disponível em: http://www.youtube.com/channel/UCPgAFydgvmK0_Gbf5RENmTA?feature=mheehttp://youtu.be/RMb-sWd_jSg.

Projeto este executado pelos alunos da
UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO
CENTRO DE EDUCAÇÃO ABERTA E A DISTÂNCIA
Curso de Pedagogia


2 comentários:

  1. Muito bom, parabéns aos alunos da universidade pelo belo trabalho realizado na escola.

    ResponderExcluir
  2. Que legal, meu filho adorou este projeto.

    ResponderExcluir

Obrigado pela sua visita.