segunda-feira, 27 de agosto de 2012

1º Fórum de Educação Sobre o Bullying e O que é bullying? Confira a definição

      

I Fórum de Educação sobre bullyng

A diretora da E.E. "Abílio Caixeta de Queiroz" Maria das Graças Lemos e Silva participará do 1º Fórum de EducaçãoBullying na escola, família e sociedade: responsabilidades e soluções.


Programação

  • PROGRAMAÇÃO PRELIMINAR
  • 1º dia - 31/08/2012
  • 18h – Solenidade de Abertura – Palestra Magna
  • TEMA: Violência: desta vez é conosco!
    PALESTRANTE: Lídia AratangyFormada em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo onde também é catedrática há mais de 30 anos.  É terapeuta de famílias desde 1978 e autora de mais de 20 livros sobre educação e relações interfamiliares –CONFIRMADA.
  • 2º dia - 01/09/2012
    8h30min – Palestra
    TEMA: Bullying no ambiente escolar
    Palestrante: Cléo FanteÉ educadora, pesquisadora do fenômeno Bullying, conferencista, escritora e doutoranda em Ciências da Educação pela Universidade das Ilhas Baleares, Espanha – CONFIRMADA.
    10h 30min – Palestra
    TEMA: O bullying como um ato infracional e a responsabilização do adolescente que o pratica.
    Palestrante1: Dr. Carlos Frederico Braga da Silva, Juiz da Varal Infracional da Infância e Juventude de BH.
    Palestrante2: Dra. Roberta Mesquita, Defensora Pública e uma Promotora de Justiça, a ser confirmada.
    Palestrante3: Dra. Ana Carolina Garcia Costa – Promotora de Justiça
    14h Painel
    TEMA: Estratégias bem sucedidas de intervenção e prevenção ao Bullying.
    Palestrante1: Nilce Faria Campos
    Palestrante2: Antônio Pimentel – Consultor especialista em questões ligadas à infância e adolescência, formado em Ciências Sociais e Mestre em Ciências Políticas
    16h 30min - Palestra
    TEMA: Afinal, quem ganha essa batalha?
    Palestrante: José Ernesto BolognaÉ especializado em Psicologia do Desenvolvimento pelo Bowling Green State University, Ohio, USA e em Psicologia da Educação pela University Kalamazoo, Michigan, USA. Fundador e Principal Titular da Ethos Desenvolvimento – SP. Membro do Conselho de Mentores do Instituto de Estudos do Futuro (USP/PUC-SP/Unicamp); do Conselho da Rede Internacional de Educação para a Paz e a Cidadania – CONFIRMADO.
    18h – Lançamento do MOVIMENTO ANTI-BULLYING BRASIL
    Encerramento

  • Acesse também o site do evento www.antibullyingbrasil.org.br



1 - O que é bullying? Confira a definição

Bullying é uma situação que se caracteriza por agressões intencionais, verbais ou físicas, feitas de maneira repetitiva, por um ou mais alunos contra um ou mais colegas. O termo bullying tem origem na palavra inglesa bully, que significa valentão, brigão. Mesmo sem uma denominação em português, é entendido como ameaça, tirania, opressão, intimidação, humilhação e maltrato. 


      "É uma das formas de violência que mais cresce no mundo", afirma Cléo Fante, educadora e autora do livro Fenômeno Bullying: Como Prevenir a Violência nas Escolas e Educar para a Paz (224 págs., Ed. Verus, tel. (19) 4009-6868 ). Segundo a especialista, o bullying pode ocorrer em qualquer contexto social, como escolas, universidades, famílias, vizinhança e locais de trabalho. O que, à primeira vista, pode parecer um simples apelido inofensivo pode afetar emocional e fisicamente o alvo da ofensa.

       Além de um possível isolamento ou queda do rendimento escolar, crianças e adolescentes que passam por humilhações racistas, difamatórias ou separatistas podesm apresentar doenças psicossomáticas e sofrer de algum tipo de trauma que influencie traços da personalidade. Em alguns casos extremos, o bullying chega a afetar o estado emocional do jovem de tal maneira que ele opte por soluções trágicas, como o suicídio.

21 perguntas e respostas sobre bullying  

Nos links, abaixo, você encontra respostas para as dúvidas mais recorrentes relativas ao tema.

O QUE É 

2 - O QUE NÃO É BULLYING ? 

3- O BULLYING É UM FENÔMENO RECENTE ?

PORQUE OCORRE

4 - O QUE LEVA O AUTOR LEVA O AUTOR DO BULLYING A PRATICA-LO? 

5 - O ESPECTADOR TAMBÉM PARTICIPA DO BULLYING ?

6 - COMO IDENTIFICAR O ALVO DO BULLYING ? 

7 - QUAIS SÃO AS CONSEQUÊNCIAS PARA O ALUNO QUE É ALVO DE BULLYING ? 

TIPOS DE AGRESSÃO 

8 - O QUE É PIOR, O BULLIYNG COM AGRESSÃO FÍSICA OU O BULLYING COM AGRESSÃO MORAL?  

9 - QUAL A DIFERENÇA ENTRE O JEITO DO BULLYING PRATICADO POR MENINOS E MENINAS ? 

ATITUDES DO PROFESSOR

10 - O QUE FAZER NA SALA DE AULA QUANDO SE IDENTIFICA EM CASO DE BULLYING ?

11 - QUAL O PAPEL DO PROFESSOR EM CONFLITO FORA DA SALA DE AULA ? 

12 - O PROFESSOR TAMBÉM É ALVO DE BULLYING ? 


ATITUDES DO GESTOR 


13 - O QUE FAZER PARA EVITAR O BULLYING ?

14 - COMO AGIR COM OS ALUNOS  ENVOLVIDOS EM UM CASO DE BULLYING ? 

15 - COMO LIDAR COM O BULLYING CONTRA ALUNOS COM DEFICIÊNCIA ? 

16 - COMO DEVE SER UMA CONVERSA COM PAIS DOS ALUNOS ENVOLVIDOS NO BULLYING ?

17 - O QUE FAZER EM CASOS EXTREMOS DE BULLYING ? 


EDUCAÇÃO INFANTIL 


18 - O BULLYING NA EDUCAÇÃO INFANTIL. É POSSÍVEL ?

19 - QUAIS SÃO AS ESPECIFICIDADES PARA LIDAR COM BULLYING NA EDUCAÇÃO INFANTIL ?


CYBERBULLYING 


20 - O QUE É BULLYING VIRTUAL OU CYBERBULLYING ? 

21 - COMO LIDAR COM CYBERBULLYING ? 




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua visita.