quinta-feira, 16 de agosto de 2012


Alunas de Patos de Minas são selecionadas para Parlamento Jovem


Patos de Minas, mais uma vez, estará presente no Parlamento Jovem Brasileiro (PJB). As representantes do município são Valquíria Aparecida Rodrigues, da Escola Estadual Professor Manoel Lopes Nogueira (Pindaíbas), e Paloma de Paula Maia, da Escola Estadual Abílio Caixeta de Queiroz. As duas integram o grupo de 78 alunos que irá participar de uma jornada parlamentar na Câmara dos Deputados.
Os jovens vão se reunir de 24 a 28 de setembro, para defender seus projetos de lei. Segundo a Câmara, metade das matérias trata da área de Educação, Cultura, Esporte e Turismo, mas também há grande preocupação com políticas contra drogas. As alunas Paloma e Valquíria irão participar com propostas sobre substituição das lâmpadas incandescentes por fluorescentes e crime contra o patrimônio público, respectivamente.
Na região
Embora esteja em sua nona edição, o Parlamento Jovem só chegou efetivamente ao Alto Paranaíba e Noroeste Mineiro em 2011, por iniciativa do deputado federal José Humberto Soares (PHS-MG). O parlamentar viu o programa como oportunidade de estimular a consciência política na juventude e, com isso, passou a divulgá-lo nos municípios de sua base política.
A ação deu resultado imediato no ano passado, e 40 projetos de lei foram enviados para a Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais, responsável pela primeira seletiva. A Câmara fez a seleção final, escolhendo três propostas de alunos de Patos de Minas dentre as oito permitidas para Minas Gerais. 
Em 2012, a cidade destaca-se mais uma vez, pois é a única do estado a ter dois representantes no PJB. A notícia foi muito comemorada por José Humberto: “De minha parte, estou muito satisfeito em poder incentivar os nossos jovens a se prepararem para assumir suas responsabilidades futuras. E espero que, a cada ano, mais alunos de toda a nossa região participem desse programa”.
O PJB é uma iniciativa da Câmara dos Deputados, voltada para estudantes do 2º e 3º anos do ensino médio, com idade entre 16 e 22 anos. O objetivo é permitir que os jovens vivenciem de perto o processo democrático.
Foto: Facebook de Paloma Maia 

Um comentário:

  1. Parabéns Paloma por mais esta conquista. Sucesso para Ti ...

    Gabriel (Bill)

    ResponderExcluir

Obrigado pela sua visita.