segunda-feira, 1 de setembro de 2014

1º de Setembro - Dia do Professor de Educação Física

Atividades esportivas e o Discóbolo – símbolo dos esportes

As atividades esportivas fazem bem para o homem, pois através delas é possível obter equilíbrio físico e emocional. Além disso, são formas de envolver jovens e crianças, afastando-os das drogas e da promiscuidade.
Para se praticar esportes é necessário que um profissional da área da educação física faça uma orientação e avaliação, de acordo com as capacidades de cada um, dos limites que o corpo de cada pessoa pode suportar e vencer.
A comemoração do dia do professor de educação física acontece no dia 1º de setembro, em razão de a profissão ter sido regulamentada através da lei federal de número 9.696/98 e publicada na mesma data.
A ideia da data surgiu na comemoração de São Cosme e São Damião, pois nesse dia os professores de educação física organizavam brincadeiras para divertir a garotada, entregando-lhes várias guloseimas e doces.
Quatrocentos e cinquenta anos antes de Cristo, o grego Miron criou o símbolo das práticas esportivas, o Discóbolo, um arremessador de disco; o que comprova que os esportes existiam desde os tempos mais antigos.
No Brasil, historicamente falando, consideram que desde o período da colonização a educação física era praticada em nossas terras.
Os índios corriam atrás de suas caças, nadavam, atiravam arco e flecha e dançavam, jogavam peteca, lutavam entre si e brincavam de corrida dos troncos. Já os negros africanos, que vieram como escravos para o Brasil, dançavam a capoeira e faziam as lutas corporais, aprendidas através da observação dos animais em seu país de origem.
Mas somente em 1851, através da lei nº 630, que a ginástica foi incluída nos currículos das escolas primárias e secundárias, onde eram praticadas quatro vezes por semana.
Na década de oitenta, após o período da ditadura militar, a prática de esportes passou a ser vista de forma mais ampla, formando-se os primeiros grupos profissionais. Para isso, eram necessárias empresas que patrocinassem os atletas e a manutenção dos times e equipes. Foram os primeiros passos para iniciar as formações esportivas de qualidade no país, de onde colhemos os frutos plantados por longos anos, obtendo grandes conquistas para o país em campeonatos mundiais.
O campo de trabalho dos profissionais de educação física cresceu bastante nos últimos anos, deixaram de ser apenas professores de escolas ou academias, estendendo seu campo de atuação.
Hoje trabalham como “personal trainers”, desenvolvem programas de emagrecimento para crianças e adultos, organizam trabalhos de acréscimo muscular, que são muito valorizados em razão da população cultuar o aspecto físico, estar mais vaidosa, buscando um corpo belo, cheio de formas e músculos aparentes.
Os professores de educação física são responsáveis por observar um aluno durante a prática de exercícios físicos, os orientam a fazer alongamentos para aquecer a musculatura e evitar que se machuquem, corrige a postura durante a realização dos exercícios, confere os batimentos cardíacos dos atletas, verifica a respiração e o cansaço dos mesmos, não permitindo que ultrapassem seus limites.
O melhor para esses profissionais é trabalhar com o aspecto lúdico, ajudando as pessoas a liberarem suas tensões e se tornarem mais felizes.


======================================================================

Uma homenagem aos professores de Educação Física da nossa escola. 

Professora Ana Paula Guedes
Professor Guilherme Macedo
Não sei o que combina mais contigo, uma poesia, um livro, uma pintura,
sinceramente fico pensando no que deve dar alegria a alguém que é objeto da alegria de tantos. 
Na verdade, o professor de verdade, é aquele que prefere dividir o que possui, do
que ter somente para si. 
O verdadeiro mestre sente-se feliz quando percebe que o caminho que ele abriu
tem sido trilhado por muitos. 
O mestre tem a sua realização no aprendizado do pupilo, da passagem da
experiência. É por isso que meras palavras não podem recompensar a 
alguém que optou por esta carreira que muitas vezes é dolorosa e cheia de espinhos. 
Chamo-te somente mestre, abnegado coração que se sensibiliza com os olhos
sedentos por uma vida menos escura, mas cheia de luz. 
E essa luz, está em suas mãos, em seu coração, em seu olhar. 
Que bom que existe um dia reservado só para você! 
Obrigado por sua obstinação incontida, pois graças a ela, você nunca desiste. 

Uma homenagem da Escola Estadual Abílio Caixeta de Queiroz

Um comentário:

  1. Parabéns colegas, que o sonho de serem valorizados se realize, pois, s afinal temos pressa!!!

    ResponderExcluir

Obrigado pela sua visita.