terça-feira, 11 de setembro de 2012

SEMANA NACIONAL DO TRÂNSITO 2012 - TROCANDO A MORTE PELA VIDA

           No período de 18 a 25 de setembro será comemorada a Semana Nacional de Trânsito, conforme o CTB – Código de Trânsito Brasileiro.  É uma grande oportunidade para instituições de ensino, órgãos de trânsito, associações, órgãos de imprensa, lideranças, empresas, religiosos e outros, realizarem ações que estimulem a reflexão sobre o comportamento adequado para proteger mais a vida humana no trânsito.  Neste ano, o tema escolhido pelo Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN) é:  Década Mundial de Ações para a Segurança do Trânsito – 2011/2020: Não exceda a Velocidade, Preserve a Vida”. “A velocidade é tema inédito na semana nacional, e o principal foco é a conscientização de jovens entre 18 e 25 anos, considerados o grupo mais vulnerável e de maior exposição ao risco de acidentes de trânsito. Para traçar e realizar as ações, o Contran definiu como prioridade a necessidade de unir esforços intersetoriais, visando a redução dos acidentes de trânsito”, afirma Júlio Ferraz Arcoverde, Presidente do Contran e Diretor do Denatran.
           Alguns números para a reflexão sobre a importância de desenvolver ações educativas para o trânsito:
1.      Segundo a FENASEG, em 2012, morreram 143 pessoas por dia no Brasil, em decorrência de acidente (acidente?) de trânsito;
2.      Aproximadamente 450 mil pessoas sofreram ferimentos, de gravidade leve a seriíssima;
3.      Durante o ano de 2011, forma pagas 239.738 indenizações por invalidez permanente;
4.      Mais de 51% dos acidentados estão na faixa etária de 18 a 34 anos;
5.      Segundo o IPEA, um acidente com morte custa em média R$ 567 mil;
6.      Qual é o custo para um(a) filho(a) que perde um pai ou uma mãe?
7.      Qual é o custo para uma comunidade ou empresa que perde um grande líder comunitário ou grande profissional (médico, policial, professor, pedreiro, agricultor, etc.)?
8.      Qual é o custo econômico e social de uma importante rodovia interrompida por algumas horas?
9.      Qual é o custo para a sociedade, quando ocorre a poluição de um reservatório de água, em decorrência de acidente (acidente?) de trânsito com produtos perigosos?
           As ações da Lei Seca estão colaborando para a, já provada estatisticamente, redução de acidentes, porém a velocidade excessiva é também uma das principais causas, a escolha do tema é oportuna. Quanto maior a velocidade, menor será o domínio do veículo.
           Vale a pena refletir  sobre a importância de não trafegar em velocidade excessiva, pois “a velocidade que emociona é a mesma que mata” afirma o motorista sábio.

          Que as ações sejam realizadas, a vida agradecerá!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua visita.